Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

Balanço da Temporada 2007/ 2008: Especial «Bite the Dust»

 

Aliens in America [Média dos Episódios: 8.22/10 Avaliação Global: 7.10/10 Nota Final: 7.7 (7.66)/10]

 

É incrível como a CW, que parece poder estar à beira da extinção, cancela uma série como “Aliens in America” e continua a alimentar dramas teen com vidas de plástico e reality shows de qualidade (bastante) duvidosa. Ok, “Aliens in America” não é nada do outro mundo, mas tem uma premissa original e tem alguma qualidade. Tem um ensemble bastante competente e quando deixa de lado a pipoqueira fórmula teen e se centra na exploração das diferenças culturais consegue ser bastante audaciosa, sobretudo, por demonstrar não ter medo de caricaturar os norte-americanos. E talvez tenha sido essa a principal razão de nunca ter conseguido cativar o (escasso) público da CW.     

 

Canterbuy’s Law [Média dos Episódios: 8.73/10 Avaliação Global: 8.50/10 Nota Final: 8.6 (8.62)/10]

 

FOX, FOX, FOX… Os responsáveis por este canal só vêem cifrões à frente dos seus míopes olhos. Se determinada série não corresponde em termos de audiências aos números que eles têm em mente fica com a corda ao pescoço ainda antes de se poder afirmar. Este ano foi assim com “The Return of Jezebel James”, que apenas durou três episódios, o ano passado aconteceu o mesmo com “Drive”, e a lista prolonga-se, e prolonga-se, e prolonga-se… “Canterbury’s Law” ainda resistiu até terminar os seis episódios que tinha gravado (consequências da greve). Os números inicias não foram famosos e a mudança da segunda para a sexta-feira (o pior dia para alcançar audiências) foi o princípio do fim. O que é uma grande pena. Com o cunho da equipa responsável por “Rescue Me”, e uma Julianna Margulies em grande forma, “Canterbury’s Law” apresentava-se como uma série de advocacia duramente real e sem floreados, com base numa fortíssima personagem principal, mas cujos secundários começavam a ganhar o seu espaço. Não tenho dúvidas que iria vingar, caso tivesse tido a devida oportunidade de o fazer.

 

Jericho (2) [Média dos Episódios: 9.09/10 Avaliação Global: 8.80/10 Nota Final: 9.0 (8.95)/10]

 

Se bem que “Jericho” se diferenciava de outras séries pela sua história pós-apocalíptica, e mesmo que se tenha tornado em mais uma série de conspirações governamentais, a verdade é que esta última característica sempre fez parte do universo da mesma. Por isso, percebe-se perfeitamente que os produtores, sabendo que estes sete episódios, provavelmente, seriam (como foram) a derradeira hipótese de dar aos fãs o que eles queriam, tenham decidido pegar e tentar resolver muitas das pontas soltas criadas durante a primeira temporada, deixando um pouco mais de lado todo aquele ambiente resultante do impacto da devastação de um país e das consequências advindas de explosões nucleares. E, ter a corda na garganta, fez de “Jericho” algo que nem sempre tinha conseguido ser: uma série atrevida, com coragem para arriscar e chocar. Só é pena que o final, mesmo feito propositadamente para finalizar a série, tenha deixado algum amargo de boca e nem sequer ter deixado a sensação de que a história terminou. Contudo, será assim tão mau reservar à nossa imaginação a iminente guerra civil?

 

Journeyman [Média dos Episódios: 8.52/10 Avaliação Global: 8.50/10 Nota Final: 8.5 (8.51)/10]

 

Mais uma das grandes baixas da temporada. Apesar da premissa não ser nova, a verdade é que o “Journeyman” cativou no primeiro momento, sobretudo pelo impacto que os fenómenos vividos pelo personagem principal tinham na sua vida e na das pessoas que o rodeavam. Com um dos melhores episódios-piloto da temporada, a série acabou por cair no registo de procedural e perder alguma da sua impetuosidade inicial, mas recuperou-a na última meia-dúzia de episódios da temporada. Infelizmente, não convenceu o público norte-americano e foi vítima das audiências. Como consolo, resta um final em forma de conclusão da história. Mais ou menos.  

 

Miss Guided [Média dos Episódios: 8.20/10 Avaliação Global: 5.50/10 Nota Final: 6.9 (6.85)/10]

 

O conceito tentava ser diferente do habitual: as atribulações da vida escolar, mas na perspectiva dos professores. Contudo, acabaram por transformar os professores em adultos com problemas de miúdos. O resultado não foi o melhor, mas a série ainda conseguiu arrancar algumas gargalhadas graças à excelente prestação da protagonista, Judy Greer.

 

New Amsterdam [Média dos Episódios: 8.43/10 Avaliação Global: 6.20/10 Nota Final: 7.3 (7.32)/10]

 

Além de ser uma cópia descarada de “Highlander”, “New Amsterdam” tinha o condão de esticar a suspension of disbelief (a vontade que uma pessoa tem em aceitar como verdadeira a premissa de qualquer obra de ficção). Ainda por cima, era um procedural, qualidade que por aqui, no TVDependente, faz revirar os olhos de aborrecimento. Apesar disso, os flashbacks das múltiplas vidas do personagem principal e a relação destes com o presente eram bastante interessantes.

 

publicado por ZB às 15:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 1 de Dezembro de 2007

Journeyman – 1x10 – Blowback (NBC)

 

Fica o aviso a quem não quer saber nada sobre o que aconteceu na série que, a partir deste momento, existem grandes SPOILERS, ou seja, para quem não conheça o termo, a partir daqui vão começar a ser reveladas coisas que aconteceram na história e que podem estragar o visionamento a quem ainda não viu o episódio.

 

“Journeyman” é uma série moribunda em termos de produto, mas está mais viva que nunca em termos de história.

 

Apesar de ter tido um dos meus episódios pilotos preferidos desta temporada, depressa demonstrou que a excelência do seu início se começava a dissipar. Os regressos ao passado de Dan Vasser (Kevin McKidd) tornaram-se repetitivos e aborrecidos e a estranha presença da ex-noiva de Dan, Lívia (Moon Bloodgood), que supostamente tinha falecido num acidente de avião, ainda tornava as coisas piores. Os únicos aspectos que despertavam algum interesse residiam na relação de Dan com a sua mulher, Katie (Gretchen Egolf), e na deterioração que a mesma sofria devido às sucessivas ausências de Dan nos momentos menos oportunos, ou na pouco sólida relação que Dan tem com o seu irmão, Jack (Reed Diamond).

 

Pelo meio foram sendo colocados alguns mistérios e resolvidos outros, principalmente, envolvendo Lívia, que afinal não tinha morrido, apenas tinha o mesmo “dom” de Dan.

 

Agora, chegados ao décimo episódio, os produtores da série decidiram agraciar-nos com um fabuloso episódio, marcado por um ritmo alucinante e por muitos momentos de cortar a respiração (quando Jack vê Lívia foi verdadeiramente arrepiante).

 

Continuando os eventos do episódio anterior, onde Dan salvou duas raparigas de um raptor, Aeden Bennett, e conseguiu capturá-lo quando não era suposto tê-lo feito, em “Blowback”, o mesmo homem, agora libertado da prisão, decide procurar Dan para executar a sua vingança. Logo as primeiras cenas do episódio são alucinantes com Dan a ser alvejado por Aeden e a desaparecer quase de imediato para o passado. Pensando que Dan está escondido, Aeden consegue convencer Katie a voltar a casa e fá-la sua refém, numa artimanha muito bem desenvolvida.

 

No passado, Dan é levado por Lívia ao hospital que, entretanto, lhe revela que quem os faz viajar no tempo não quer que eles alterem o rumo de eventos não planeados e que, para restaurar a ordem, ele precisa de voltar ao sítio onde apareceu inicialmente. Ao fazê-lo, Dan apercebe-se que a pessoa que tem de ajudar é Aeden quando este ainda era miúdo e constantemente abusado pelo pai.

 

Pelo meio do episódio, ainda tivemos uma enigmática conversa entre o Agente Richard Garrity (Paul Schulze) e Jack, que por um lado ajudou a convencer Jack que o irmão tinha falado a verdade durante todo este tempo e, por outro, que o agente do FBI sabia algo mais do que estava a dizer.

 

Na globalidade do episódio, o factor mais importante é que conseguiu conjugar na perfeição os desenvolvimentos do passado com os do presente. Além disso, todo o elenco teve uma excelente prestação, especialmente, o convidado especial Raphael Sbarge (Aeden Bennett adulto).

 

Quanto ao futuro da série, a NBC ainda não lhe atribuiu temporada completa, e muito dificilmente o fará, mas parece que ao menos irão transmitir todos os episódios, sendo que os próximos estão agendados para o horário normal da série a 10 e 17 de Dezembro e o último a 19 de Dezembro, uma quarta-feira.

 

Entretanto, e embalados pelo sucesso que foi o salvamento de “Jericho”, os fãs já se estão a organizar para tentar impedir que a série seja cancelada, sendo o site http://savejourneyman.net/ um dos exemplos disso.

 

Nota: 9.7/10

 

 

publicado por ZB às 16:04
link do post | comentar | favorito
|

 

posts recentes

Balanço da Temporada 2007...

Journeyman – 1x10 – Blowb...

tags

24(10)

90210(1)

abc(31)

alias(1)

aliens in america(1)

amc(1)

audiências(6)

axn(1)

back to you(2)

balanço da temporada(12)

banda sonora(3)

big shots(1)

bionic woman(3)

blogs(3)

bones(1)

boston legal(2)

brothers & sisters(2)

bsg(34)

californication(2)

cancelamentos(3)

canterbury's law(2)

castings(5)

cbs(10)

chuck(3)

csi(4)

damages(2)

desperate housewives(2)

dexter(7)

dirt(2)

dirty sexy money(3)

dvd(41)

dvd: raio-x(5)

emmys 2008(2)

estreias tv portuguesa(19)

find 815(3)

fox(22)

friday night lights(7)

fringe(3)

fx(5)

golden globes(6)

gossip girl(5)

grande massacre 2007(2)

grelha 2008-09(10)

greve(38)

grey's anatomy(12)

hbo(3)

heroes(17)

house(10)

how i met your mother(2)

jericho(9)

journeyman(2)

k-ville(2)

knight rider(9)

lançamentos(35)

lançamentos dvd: espanha(8)

lançamentos dvd: portugal(18)

lost(62)

machadadas(12)

mad men(2)

melhores 2007(15)

miss guided(2)

moonlight(2)

nbc(35)

new amsterdam(2)

nip/ tuck(3)

notícias(160)

off-topic(18)

one tree hill(3)

opinião(2)

óscares(2)

passatempos(8)

prémios(10)

prison break(8)

promos(38)

pushing daisies(3)

ranking(32)

regresso ao passado(5)

ronda de críticas(55)

samantha who?(4)

scifi(13)

sensual tv(8)

série recomendada(2)

showtime(11)

sondagens(2)

speechless(5)

stargate atlantis(2)

take(4)

tell me you love me(3)

terminator: the sarah connor chronicles(7)

the 4400(2)

the cw(7)

the office(5)

the return of jezebel james(2)

the shield(5)

the tudors(5)

til death(2)

tv nacional(23)

ugly betty(2)

vídeos(69)

x marca o local(36)

todas as tags

arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

pesquisar

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
blogs SAPO

subscrever feeds