Sexta-feira, 6 de Junho de 2008

Mais uma para esperar ansiosamente

publicado por ZB às 10:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2008

"The Riches" e "Dirt" não regressam à produção depois da greve

 

Apesar de ontem ter referido que as séries de Verão dos canais de cabo norte-americanos não iriam sofrer alterações devido à greve, parece que, para algumas, não será bem assim. O FX anunciou que as segundas temporadas de “Dirt” e “The Riches” não terão mais episódios produzidos para além dos sete que tinham terminado a produção ainda em Dezembro. Apesar de tudo, esta decisão não implica que ambas não sejam renovadas para uma terceira temporada.

 

publicado por ZB às 10:04
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008

Nip/ Tuck – 5x10 - Magda and Jeff (FX)

 

Fica o aviso a quem não quer saber nada sobre o que aconteceu na série que, a partir deste momento, existem grandes SPOILERS, ou seja, para quem não conheça o termo, a partir daqui vão começar a ser reveladas coisas que aconteceram na história e que podem estragar o visionamento a quem ainda não viu o episódio.

 

O mais recente episódio foi algo inquietante para mim. Durante o meu périplo matinal pelos órgãos de comunicação norte-americanos dedicados ao entretenimento, fiquei a saber, involuntariamente, que alguém tinha morrido durante o episódio. Consegui evitar saber quem, mas essa “meia verdade” acabou por me deixar perturbado quando, desde o início, nos apercebemos que Julia (Joely Richardson) está a revelar sintomas muito graves derivados do envenenamento inconsciente a que foi sujeita num episódio anterior, levado a cabo pela pérfida Éden (AnnaLynne McCord). Essa ansiedade tornou-se ainda maior porque tinha presente que a actriz já tinha abandonado a série anteriormente, quase a meio da temporada passada, devido a problemas familiares. Se esta temporada de “Nip/ Tuck” tem sido (e continua a ser) uma imensa desilusão, imaginem a decepção que seria ver a melhor actriz de todo o elenco a sair da série.

 

Felizmente, tal não aconteceu e a personagem a quem dissemos adeus, não vai ser tão imprescindível como seria Julia, apesar de ser uma perda substancial. E porquê? Porque a personagem interpretada pela excelente Jessalyn Gilsig, uma verdadeira «salta-pocinhas» nos últimos tempos, sempre foi a parceira ideal do Christian, aquela que mais mexia com ele, aquela que era o seu reflexo. Aquela que deveria ter-se tornado presença regular na série em vez da Kimber.

 

O estranho de toda esta linha de argumento, foi a maneira «a martelo» como Gina aparece em Los Angeles, isto ainda no episódio anterior. Além disso, a forma como nos despedimos da personagem desperta-me sentimentos ambíguos. Por um lado, pareceu-me bem o facto dela ter confessado os seus sentimentos ao Christian e o facto dele ter cedido ao apelo dela. Por outro, a cena final acabou por me parecer demasiado ridícula.

 

Quanto ao resto do episódio, a aproximação entre a Julia e o Sean foi comovente, por tudo o que estes personagens viveram em comum, e por ser algo que parece certo, ao contrário da relação entre a Julia e o Christian, que se revela demasiado fútil. E, já agora, o que é feito da Olívia!? A Julia está doente e passa o tempo na casa do Christian? E a Olívia não suspeita de nada, nem dá sinais de vida? Estranho…

 

Para finalizar, não posso deixar de fazer referência à nova personagem, uma misteriosa mulher, que se faz agente de Sean praticamente do nada, e que parece ter outro tipo de interesse nele além de uma relação profissional. Humm…

 

Nota: 8.3/10

 

tags: ,
publicado por ZB às 17:15
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

Damages – Primeira Temporada (FX)

 

As portas de um elevador abrem-se revelando uma jovem mulher lavada em lágrimas. Quando ela se precipita para o exterior do mesmo, reparamos que enverga uma gabardina verde a tapar-lhe o corpo quase desnudado. Mais: reparamos que a sua face, a gabardina verde e as partes do corpo que a mesma permite revelar estão cobertas de sangue. Ao sair do elevador, ela corre em direcção à porta de saída de um edifício e começa a percorrer em desespero as ruas de Nova Iorque.

 

Este é o ponto de partida de “Damages”, thriller que perscruta os meandros da lei, cuja narrativa se apresenta como um elaborado puzzle, como um emaranhado de fio que vai sendo desembaraçado aos poucos, onde nada é o que parece à primeira vista, onde a verdade é relativa. E pergunto: quem não gosta de puzzles? Quem não exalta com o encaixar da última peça, principalmente, quando não foi necessário forçar qualquer uma delas e quando nenhuma ficou de fora?

 

“Damages” não é o puzzle perfeito de que falava anteriormente, mas é quase. Tem uma narrativa fabulosamente elaborada, está recheada de prodigiosos diálogos e é capaz de surpreende-nos continuamente com os seus sucessivos rodopios de argumento. Mas, acima de tudo, é um fantástico exercício de bem representar, com um elenco fenomenal, liderado por uma actriz extraordinária, Glenn Close. Em “Damages” até as personagens mais secundárias, de todas as secundárias existentes, são bem interpretadas. E é pena que neste momento apenas se fale de Glenn Close, Rose Byrne e Ted Danson devido às suas nomeações aos Globos de Ouro, quando um dos grandes trunfos desta série é Zeljko Ivanek.

 

Mas recuemos alguns meses, para antes do relatado no início do texto.

 

Ellen Parsons (Rose Byrne) procura o seu primeiro emprego depois de se ter tornado advogada. Patty Hewes (Glenn Close), uma das advogadas de maior prestígio de Nova Iorque, decide contratá-la como nova associada da sua firma. Ellen começa o trabalho quando a firma tem em mãos um dos maiores casos da actualidade: Arthur Frobisher, um dos homens mais ricos do país, é acusado de corrupção por mais de cinco mil antigos empregados seus. A firma de Patty representa os empregados numa luta contra o poder de Frobisher e do seu engenhoso advogado, Ray Friske. À medida que Ellen se envolve cada vez mais na investigação do caso, vai perdendo a sua aparente ingenuidade inicial quando começa a perceber que ambos os lados são capazes de tudo para obter a vitória.

 

Além da intriga principal, “Damages” torna-se interessante porque, apesar de ser uma série sobre o mundo da lei, não segue os típicos padrões das séries de advogados que conhecemos, onde se dá primazia ao julgamento em si. Em “Damages” o processo desenrola-se progressivamente, mostrando-nos os passos, as negociações, os bastidores.

 

Outro dos pontos que destacaria recai na abordagem que é feita aos personagens. Cada episódio tende a focar-se em determinado personagem que esteja envolvido no caso. Durante a temporada conseguimos conhecer melhor a testemunha-chave, o empregado queixoso, o advogado de defesa, e por aí fora. É-nos dada a oportunidade de saber mais sobre as pessoas que estão envolvidas no processo, quais as suas motivações, que erros cometeram, quais as suas dúvidas ou arrependimentos. E é através dessa perspectiva que o melhor episódio da temporada, “I Hate This People”, ganha força.

 

Infelizmente, como referi anteriormente, “Damages” não é uma série perfeita. Sobretudo peca em algumas (poucas) linhas de argumento demasiado forçadas, nomeadamente uma delas (que não vou mencionar qual para não estragar a quem ainda não viu mas que, quem viu, de certeza saberá a que me refiro), que ocupa um parte substancial da série e acaba por ser apenas uma forma de confundir o espectador.

 

De resto, tudo encaixa quase na perfeição, tornando esta uma das melhores séries da temporada.

 

Nota: 9.5/10

 

 

tags: ,
publicado por ZB às 16:21
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Domingo, 25 de Novembro de 2007

"Unscripted" e "The Comeback" estreiam hoje no FX

Unscripted – De Improviso – Domingo, 25 de Novembro – 22h00 - FX

 

Sinopse: Produzida por George Clooney e Steven Soderbergh, "De Improviso" segue a vida de três actores desesperados por alcançarem a fama em Hollywood. Uma grande produção da HBO que mistura realidade com ficção, onde os actores fazem deles mesmos e contracenam com grandes estrelas como Brad Pitt e Meryl Streep. Teve apenas uma temporada de 10 episódios em 2005.

 

Repetições:

26-11-2007 18:15

01-12-2007 13:42

02-12-2007 0:31

 

 

 

The Comeback – De Volta à Ribalta – Domingo, 25 de Novembro – 22h46 - FX

 

Sinopse: Valerie Cherish (Lisa Kudrow) é uma actriz que tenta desesperadamente voltar a ser uma estrela de televisão. Só que a idade e as rugas são já as grandes inimigas. Aceita, então, participar num reality show sobre a sua vida e tentativa de regressar à ribalta. Teve apenas uma temporada de 13 episódios em 2005.

 

Repetições:

26-11-2007 19:01

01-12-2007 14:35

02-12-2007 1:25

 

publicado por ZB às 18:22
link do post | comentar | favorito
|

 

posts recentes

Mais uma para esperar ans...

"The Riches" e "Dirt" não...

Nip/ Tuck – 5x10 - Magda ...

Damages – Primeira Tempor...

"Unscripted" e "The Comeb...

tags

24(10)

90210(1)

abc(31)

alias(1)

aliens in america(1)

amc(1)

audiências(6)

axn(1)

back to you(2)

balanço da temporada(12)

banda sonora(3)

big shots(1)

bionic woman(3)

blogs(3)

bones(1)

boston legal(2)

brothers & sisters(2)

bsg(34)

californication(2)

cancelamentos(3)

canterbury's law(2)

castings(5)

cbs(10)

chuck(3)

csi(4)

damages(2)

desperate housewives(2)

dexter(7)

dirt(2)

dirty sexy money(3)

dvd(41)

dvd: raio-x(5)

emmys 2008(2)

estreias tv portuguesa(19)

find 815(3)

fox(22)

friday night lights(7)

fringe(3)

fx(5)

golden globes(6)

gossip girl(5)

grande massacre 2007(2)

grelha 2008-09(10)

greve(38)

grey's anatomy(12)

hbo(3)

heroes(17)

house(10)

how i met your mother(2)

jericho(9)

journeyman(2)

k-ville(2)

knight rider(9)

lançamentos(35)

lançamentos dvd: espanha(8)

lançamentos dvd: portugal(18)

lost(62)

machadadas(12)

mad men(2)

melhores 2007(15)

miss guided(2)

moonlight(2)

nbc(35)

new amsterdam(2)

nip/ tuck(3)

notícias(160)

off-topic(18)

one tree hill(3)

opinião(2)

óscares(2)

passatempos(8)

prémios(10)

prison break(8)

promos(38)

pushing daisies(3)

ranking(32)

regresso ao passado(5)

ronda de críticas(55)

samantha who?(4)

scifi(13)

sensual tv(8)

série recomendada(2)

showtime(11)

sondagens(2)

speechless(5)

stargate atlantis(2)

take(4)

tell me you love me(3)

terminator: the sarah connor chronicles(7)

the 4400(2)

the cw(7)

the office(5)

the return of jezebel james(2)

the shield(5)

the tudors(5)

til death(2)

tv nacional(23)

ugly betty(2)

vídeos(69)

x marca o local(36)

todas as tags

arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

pesquisar

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
blogs SAPO

subscrever feeds