Sábado, 10 de Maio de 2008

Battlestar Galactica – 4x6 – Faith (Sci Fi)

 

Fica o aviso a quem não quer saber nada sobre o que aconteceu na série que, a partir deste momento, existem grandes SPOILERS, ou seja, para quem não conheça o termo, a partir daqui vão começar a ser reveladas coisas que aconteceram na história e que podem estragar o visionamento a quem ainda não viu o episódio.

 

WOW! Que fantástico, fantástico episódio! Sejamos sinceros: a quarta temporada estava a ser algo desapontante, mas com este episódio a série redimiu-se. Pelo menos, para mim. E esperemos que este seja um sinal do que está para vir. Uma mistura quase perfeita de mitologia e realidade dramática, as duas características que são tão bem desenvolvidas nesta série e que me fizeram apaixonar por ela. E, mesmo que vários dos personagens tenham voltado a estar ausentes, a verdade é que, desta vez, não me importei minimamente.

 

O episódio inicia-se onde terminou o anterior, com a tripulação da Demitrius a amotinar-se e a destituir a Kara Thrace do seu posto de liderança. A cena culminou com um Gaeta em agonia, após ter levado um tiro na perna disparado pelo Sam, traduzindo-se num momento verdadeiramente arrepiante graças aos desempenhos dos envolvidos. O sentimento de dor e o pânico gerado pela situação pareceu tão real que quase senti estar a bordo da Demitrius.

 

Como consequência dos acontecimentos mencionados anteriormente, o Helo acaba por aceder aos desejos da Kara, que propôs deslocar-se ao sítio onde o Leoben diz estarem os Cylons num Raptor, evitando colocar a Demitrius e a tripulação em risco caso tudo não passe de uma armadilha. Obviamente, que o Sam decide acompanhá-la e a Kara pede ainda ajuda à Athena, já que ela conhece o “ambiente” melhor do que ninguém e é alguém em que ela pode confiar. Foi interessante ver ainda uma das tripulantes oferecer-se como voluntária, e as palavras que ela teve para com a Kara, demonstrando que, afinal, ainda existe alguém que acredita nela, mas o seu destino tornou-se de certa forma óbvio desde o primeiro momento em que ela pisou o interior daquele Raptor. Pelo menos, a sua morte foi algo que me ocorreu assim que ela se voluntariou.

 

O que se seguiu foi visualmente fantástico. Todo aquele cemitério Cylon estava excelente. E a bordo da nave Cylon, idem. Continuo a achar fantástico a forma como eles conseguem colocar réplicas da mesma pessoa sem que se perceba minimamente que é um efeito visual. A cena do beijo entre as Six, nesse aspecto – e, já agora, no outro também :)) – foi mesmo estupenda.

 

Quando encontraram finalmente o híbrido, isto após uma extraordinária cena que resultou na morte de uma Six e da já referida humana que se voluntariou para a missão, ninguém percebe do que raio ela fala! O que já é normal. Mas o Leoban convence a Kara a ser paciente e, na sequência de mais um momento trágico, eis que as revelações se começam a fazer entender. “The dying leader will know the truth of the opera house. The missing three will give you the five, who’ve come from the home of the 13th. You will lead them all to their end.. (Faltam uma ou duas frases que não consegui apanhar). Ora, desta vez a híbrido foi bem mais clara nas suas palavras e para quem não conseguiu descortinar inicialmente o seu significado, ficou-o a saber de imediato quando a Natalie, a Kara, o Leoben e a Sharon conseguiram juntar as peças, revelando que a modelo 3, a D’Anna, é a chave para reconhecer os cinco Cylons finais, que por seu lado serão a chave para desvendar qual o caminho para a Terra, visto terem um passado em comum com os humanos das 13 colónias! Isto, sempre seguido sob um olhar de preocupação do Sam! Não foi esta cena fantástica!?

 

E se o episódio foi excelente em termos da mitologia, não ficou nada atrás em termos de coração. Toda a linha de argumento alternativa foi dedicada à Presidente Roslin e a aproximação da sua morte. Durante os seus tratamentos, ela conhece uma outra mulher que sofre de cancro terminal, a qual encontrou conforto nas palavras de Baltar sobre o facto do fim da vida não ser o fim de tudo, e começam a partilhar as suas histórias, o seu sofrimento, as suas crenças, os seus medos. E todos aqueles diálogos são tão bem escritos, tão reais, que ficam a ecoar na mente por algum tempo por nos parecerem tão próprios. E a Mary McDonnell é simplesmente sublime (para quando o reconhecimento com, no mínimo, uma nomeação ao Emmy!?!?), que conta com um excelente auxílio da actriz convidada que faz o papel de Emily (Nana Visitor), e ambas conseguem dar-nos alguns dos momentos mais comoventes desta temporada e até de grande parte da anterior.

 

Uma vénia ao Seamus Kevin Fahey, que foi quem escreveu o episódio, e, pelo menos segundo o IMDB, foi o seu primeiro, apesar de já pertencer ao staff dos argumentistas da série há algum tempo!

 

Nota: 9.7/10

 

tags: ,
publicado por ZB às 15:42
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De syrin a 10 de Maio de 2008 às 18:05
Já estava sentir falta dum episódio assim... foi mesmo comovente - da morte da Barolay à morte da Six e da Eight na nave, das conversas sobre a doença e a morte entre a Presidente e a Emily, que me deixaram arrepiada e bateram muito fundo; dos maravilhosos efeitos especiais aos momentos mais reais, como a ferida do Gaeta... Incrível, como esta série ainda consegue ser assim tão comovente passado tanto tempo.

A confissão da Roslin foi tão sentida, mas tão sentida... o que ela contou sobre a mãe ia-me deixando a chorar. E deixa-me que te diga, que eu nem sou de chorar, mas esta série já me deixou à beira das lágrimas 3 vezes: nesta cena, no regresso do Tigh à Galactica no Exodus II, e nos minutos finais do Ressurection Ship II. Raios, a MM já merecia um prémio, tal como o EJO, que pouco apareceu no episódio, mas que foi excelente como sempre. (E eu também queria um prémio para o Tigh, porque ele é sempre excelente, mas isso já seria pedir demais.)

Uma coisa que eu acho incrível é a forma como conseguem fazer-nos gostar e, ao mesmo tempo, odiar uma personagem. Sim, os Cylons são terríveis, destruiram a humanidade, e continuam a pensar que não são culpados. Mas mesmo assim, custou imenso ver a morte da Six pela Natalie... :s Já a Presidente, que ultimamente tem mostrado o seu lado tirano e assustado muito boa gente com as suas atitudes... mostrou neste episódio a sua verdadeira face.

Quanto ao Hybrid: desta vez fizeram-nos a papinha toda... ou quase toda.

"The dying leader will know the truth of the opera house." - Iremos descobrir a razão da Roslin ver a Opera House? Mas há quem diga que a Roslin não é a "dying leader"...

"The missing three will give you the five, who’ve come from the home of the 13th. You will lead them all to their end.”. - Ok, já todos percebemos o que vai acontecer... só tenho uma dúvida. Se os Final Five vieram da terra... como é que fica a continuidade da série? Afinal, eles têm-nos dito desde o início da mini-série que os Cylons foram criados pelo Homem. Nesse caso, como é que os FF podem ter vindo da Terra? Eles não foram criados só há 40 anos (43 agora, se não me engano)?

E a frase que ninguém explicou:
"The children of the one reborn shall find their own country." - What the frak?? Quem é o "One Reborn"? Um Cylon? A Hera e o Nicky?

PS - Não sei se conheces, mas o Bear McCreary faz sempre uma análise à música de cada episódio no seu blog, e dá sempre umas dicas interessantes sobre a direcção que as cenas que vimos poderão tomar... É interessante do ponto de vista musicl, mas também da história.
Podes ver aqui (sem spoilers): http://www.bearmccreary.com/blog
De ZB a 10 de Maio de 2008 às 18:31
Barolay! É isso! Não me lembrava do nome dela. :S

Mas para referirem a Opera House, e se não for a Roslin, só pode se a Six, o Baltar ou a Shannon. É verdade que todos têm características de líder, mas a Roslin é a que sempre o foi assumidamente.

Quanto aos Cylons virem da Terra, acho que vai de encontro à tal imagem dos putos queimados, e que vai de encontro àquela questão de que tudo já aconteceu antes. Talvez os Cylons criados há 40 anos já sejam de uma segunda geração??? Será que todos são Cylons?? Não sei…Isto está complicado! :)

"The children of the one reborn shall find their own country."
Esta foi a frase que não consegui apanhar. As outras tirei de ouvido, mas esta só tinha percebido uma ou outra palavra. Ora, se eles foram todos Cylons quererá dizer que vão viver todos no mesmo sítio, em comunhão.

Epá, não sei porquê, mas a minha mente agora só os vê como sendo todos Cylons! :)))

Ah, já agora, na crítica esqueci-me de referir a cena do desenho da Kara! Excelente! Ela pensava ser um cometa, mas era uma nave Cylon. Bem porreiro.

Quanto ao blog, não conhecia. Obrigado pela sugestão. E também já vi aquele site das comics. Gostei particularmente do da Cally. CCCCAAAAAAAAALLLLLLLLLLLLYYYYYYYY!! :))))
De syrin a 10 de Maio de 2008 às 18:41
A Barolay era ruiva, colega do Anders dos Caprica Buccaneers, que apareceu em Caprica no início da season 2. Eu quase nem a reconheci, por ter o cabelo curtinho neste episódio; só quando ouvi dizer o nome dela é que me lembrei que era ela.

(já agora, vamos começar a fazer uma poll de que personagem secundária irá morrer no próximo episódio? Hotdog? Seelix? O último sobrevivente dos Deck Gang? A médica que operou o Adama - Ishay?) :P

E se o "dying leader" fosse o Baltar? Poderia ser uma explicação para a existência da Head Six e do Head Baltar... (e não, eu não quero que a Roslin morra!)

O RDM quer dar cabo da nossa cabeça com as frases do Hybrid e a questão da origem dos Cylons. Ele deve ficar ali sentado no sofá, a rir-se à gargalhada das teorias que o pessoal põe nos fóruns. ;)

Nesta season a Starbuck ainda não tinha tido um desempenho decente... quer dizer, no primeiro episódio nem esteve mal, mas nos restantes parecia-me exagerada demais... mas desta vez esteve bem. E parece que com a explicação do desenho dela acabaram com as teorias da "Ship of Lights" da série original (episódio que eu ainda não vi, por acaso).

O blog do Bear é excelente. Adorei especialmente a explicação que fez para a música do Head Six, do Head Baltar e do Head Baltar na cabeça do Baltar no episódio 4x02. Muito engenhoso o homem...
De mix-blog a 10 de Maio de 2008 às 22:36
Visita e comenta:
www.mix-blog.blogs.sapo.pt

Comentar post

 

posts recentes

Acho que o cabeçalho diz ...

O post mais inútil de sem...

Damages: outro tubarão ch...

Ranking de Séries (15 de ...

Battlestar Galactica – 4x...

Mais algumas edições R1

Jericho: O final alternat...

"24" apanha tubarão

BSG: Segunda parte da qua...

Emmys 2008: Candidatos a ...

Emmys 2008: Katherine Hei...

«Behind the Scenes» de "F...

Gossip Girl 2.0 desmentid...

Balanço da Temporada 2007...

Sarah Paulson em "Cupid" ...

"Dirt" cancelada

Balanço da Temporada 2007...

Ranking de Séries (8 de J...

E, agora, uma pequena sur...

Weeds: promo à quarta tem...

Mais uma para esperar ans...

Dexter: Jimmy Smits na te...

FOX anuncia datas dos reg...

«Chuta Pra Canto»: mais u...

Showtime dá luz verde a "...

tags

24(10)

90210(1)

abc(31)

alias(1)

aliens in america(1)

amc(1)

audiências(6)

axn(1)

back to you(2)

balanço da temporada(12)

banda sonora(3)

big shots(1)

bionic woman(3)

blogs(3)

bones(1)

boston legal(2)

brothers & sisters(2)

bsg(34)

californication(2)

cancelamentos(3)

canterbury's law(2)

castings(5)

cbs(10)

chuck(3)

csi(4)

damages(2)

desperate housewives(2)

dexter(7)

dirt(2)

dirty sexy money(3)

dvd(41)

dvd: raio-x(5)

emmys 2008(2)

estreias tv portuguesa(19)

find 815(3)

fox(22)

friday night lights(7)

fringe(3)

fx(5)

golden globes(6)

gossip girl(5)

grande massacre 2007(2)

grelha 2008-09(10)

greve(38)

grey's anatomy(12)

hbo(3)

heroes(17)

house(10)

how i met your mother(2)

jericho(9)

journeyman(2)

k-ville(2)

knight rider(9)

lançamentos(35)

lançamentos dvd: espanha(8)

lançamentos dvd: portugal(18)

lost(62)

machadadas(12)

mad men(2)

melhores 2007(15)

miss guided(2)

moonlight(2)

nbc(35)

new amsterdam(2)

nip/ tuck(3)

notícias(160)

off-topic(18)

one tree hill(3)

opinião(2)

óscares(2)

passatempos(8)

prémios(10)

prison break(8)

promos(38)

pushing daisies(3)

ranking(32)

regresso ao passado(5)

ronda de críticas(55)

samantha who?(4)

scifi(13)

sensual tv(8)

série recomendada(2)

showtime(11)

sondagens(2)

speechless(5)

stargate atlantis(2)

take(4)

tell me you love me(3)

terminator: the sarah connor chronicles(7)

the 4400(2)

the cw(7)

the office(5)

the return of jezebel james(2)

the shield(5)

the tudors(5)

til death(2)

tv nacional(23)

ugly betty(2)

vídeos(69)

x marca o local(36)

todas as tags

arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

pesquisar

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

 

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
blogs SAPO

subscrever feeds